Vem aí o WiGig – Redes sem fios a 7 Gbps

WiGig
A tecnologia sem fios garantirá débitos de transmissão 10x superiores à norma 802.11n
Os grupos Wi-Fi Alliance e Wireless Gigabit Alliance (também conhecido como WiGig Alliance), anunciaram esta segunda-feira um acordo de cooperação no sentido de fornecer comunicações wireless  ”multi-gigabit” (alto débito) em rede wireless. Este novo padrão, funcionará na frequência dos 60 Ghz, que não é licenciada na maior parte do mundo. O objectivo deste novo standard é dotar as redes sem fios, de grande taxas de débito em áreas relativamente reduzidas.
O grupo WiGig Alliance já tinha anunciado as especificações em Dezembro de 2009, onde referiu que esta nova norma permitirá velocidades de transmissão 10x superiores, comparando com as normas actuais (802.11n – 600 Mbps). No entanto, a barreira dos 6 Gbps (10x 600 Mbps) foi ultrapassada tendo sido atingido taxas de transmissão na ordem dos 7 Gbps (aproximadamente 900 MB/s, quase 1 GB por segundo). No entanto, as taxas anunciadas representam normalmente valores máximos teóricos para cenários perfeitos, sem interferências ou outros factores que possam influenciar o funcionamento da rede.
Esta nova tecnologia será direccionada para a interligação de equipamentos domésticos como por exemplo TV, computadores, DVD/Blu-Ray, consolas de jogos, projectores, telemóveis, etc.
Com uma taxa na ordem dos 7Gbps será possível, por exemplo, reproduzir um vídeo em Blu-Ray através da rede sem fios para a TV, sem qualquer latência.
A tecnologia WiGig não pretende substituir a tecnologia Wi-Fi actual, mas sim complementá-la.
Como já referimos em outros artigos, as redes Wi-Fi tradicionais funcionam nas bandas dos 2.4 e 5 Ghz (ver aqui). Este novo standard irá no entanto aproveitar a frequência dos 60 Ghz e será retro compatível com a norma 802.11n segundo referiu Edgar Figueroa (CEO Wi-Fi Alliance).
A WiGig Alliance anunciou ainda que com a introdução da técnica de processamento de sinal “beam-forming”, foi possível ter um alcance superior a 10 metros, como estava definido inicialmente.
Ainda não existem informações sobre o lançamento de produtos (provavelmente em 2011) que suportem esta nova tecnologia, no entanto a WiGig garante que a tecnologia é estável e está disponível.
A WiGig despertou o interesse a algumas empresas notáveis na área do networking e semi-condutores, contando já com a colaboração da Intel, Dell, Nvidia, LG, Nokia, Samsung, Toshiba, Microsoft, Cisco, AMD, Atheros, Broadcom, NEC, entre outras.

Fonte: Peopleware 
Anúncios

Posted on Maio 12, 2010, in Notícias, Wireless. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: